Arte, scrap, divagações e outras coisas…

Arquivo para a categoria ‘Dicas e truques’

Régua Molde & Shaker Box

Dica True Colors

Para dica de hoje fui buscar lembranças do início do scrap, onde, para que os princípios de design fossem seguidos e que tivéssemos segurança utilizávamos estas réguas molde (idos de 2000/2001) depois a segurança foi chegando, junto com o free style e elas foram abandonadas…….

Outra lembrança que gostaria de trazer junto com a Dica True Colors de hoje é os também esquecidos Shaker Box, que pode ser executado da forma convencional ou da forma que executei – utilizando uma embalagem de flores, fica perfeito e para completar a dica utilize “Bit Vidro da True Colors” traz leveza e um aspecto fluido que fica espetacular no seu LO.

Para esta página utilizei Spray branco e prata da True Colors e Bit Vidro para o Shaker. Experimente você também voltar as origens e mostre como ficou.

Nostalgia com modernidade é a dica True Colors de hoje… Forma antiga de executar com produtos super modernos da True Colors!!!!!


Alguns detalhes:

Espero que tenham gostado. Não deixem de visitar os outros Blogs do Time para verificar as valiosas dicas com produtos True Colors.

Bjcs

Novembro em Branco e Prata!

Para este mês a TRUE COLORS elegeu o branco, cinza  e prata para o Kit de dicas.

As cores podem ter influência psicológica sobre o ser humano, algumas estimulam, outras tranqüilizam, pois são captadas pela visão e transmitidas para o cérebro e consequentemente refletem impulsos e reações para o corpo.

Além de influenciar o humor, as cores revelam um pouco da personalidade.

Muito utilizadas na decoração de ambientes para estimular sensações, elas podem traduzir um pouco do jeito de ser,  de acordo com as preferências de cada um.

O branco remete a paz,  sinceridade,  pureza, verdade, inocência, calma e transmutação. Repele as influências negativas.

O cinza ou prateado promove equilíbrio e estabilidade, por ser a mistura perfeita e equânime entre o preto e o branco. Com o prata percebemos a perenidade e a sofisticação.

A dica desta semana  é: TRANSFORMAÇÃO.

Levando em conta o significado das cores, resolvi transformar um papel escuro e contrastante (vinho)  e pintei com as tintas Aqua Metal Cromo, Prata e PVA Branco Metal em pinceladas largas,  como uma falsa pátina, esperando secar após cada camada. Após colar as fotos e utilizar furador de borda fiz um “distress” com Aqua Metal Prata. O guardanapo em forma de flor foi borrifado com Spray Prata, acrescentei fita, rub-on, borboletas e brilho.

Este é o resultado:

Alguns detalhes:

Esta semana o sábado trocou de dia da semana, mas nas próximas não esqueça: sábado é dia de DICAS TRUE COLORS…

Esperam que tenham gostado!

Bjcs

Liliane

ECOBAG – True Colors


Para fazer a minha ecobag pensei em uma técnica de pintura que utilizasse sprays da True Colors, mas que não fosse com máscaras ou fundos para decoupagem…

Bem… com esta problemática em mãos, busquei uma solucionática (ai, ai, ai …. Ministro Magri que me perdoe!), bem mas o fato é que lembrei da técnica bem antiga (é da minha época) que aplicamos em seda e camisetas, ou em tecidos de algodão que é chamada de “Tie-Dye” e …  voilá…  lá estava uma idéia!!!!

O “Tie-Dye” é um processo de restringir o tingimento total de tecidos. É uma versão moderna dos tradicionais métodos de tingimento usados em muitas culturas em todo o mundo. Amarrar-tingir virou moda no Ocidente nos anos 1960 e início de 1970 como parte do estilo hippie. Foi popularizada nos Estados Unidos por músicos como Janis Joplin e Joe Cocker.

O tingimento é caracterizado dobrando-se e amarrando o material em padrões.  A tinta, em nosso caso spray da True Colors, é aplicada em apenas partes do material. As amarrações evitam que todo o material seja tingido. Os desenhos são formados pelos padrões de amarração e pelas diversas cores que utilizamos.

Vejam o resultado:

Como chegar até ai?

Simples…

1.  Molhar o tecido;

2.  Amarrar em vários locais;

3.  Pintar com tinta spray da True Colors;

4.  Secar muito bem (72 horas ou 2 horas de secadora). O tecido amarrado deve ficar bem seco antes de desamarrar;

5.  Desamarrar;

6.  Passar à ferro;

7.  Decorar como quiser;

8.  Parabéns, seu lindo trabalho está pronto.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Espero que tenham gostado da lembrança desta técnica e percebam como estes maravilhosos sprays da True Colors são versáteis e cheios de possibilidades. Experimentem, vocês, como eu, vão adorar!

Bjcs e até a próxima.

LO True Colors e Magnólias

O Ponto central deste post é sobre pintura de Magnólias com Tinta Spray da True Colors.

Nas Técnicas e Dicas no menu  ao lado você encontra um PAP de como pintar os lindos carimbos da Magnólia Ink com as Tintas Spray da True Colors, que tem cores maravilhosas e podemos conseguir um efeito maravilhoso de luz e sombra com as tintas douradas e prateadas.

Para este primeiro LO utilizei papeis da Júlia Cotrim- Coleção “Sapo não fala” , mesh, transparências, flores, fibras, tinta True Colors (vermelho) para respingar e magnólias pintadas com tinta spray True Colors (ver PAP).

Neste segundo LO utilizei cardstock branco, todo respindgado com tintas spray da True Colors (cores variadas), máscara Tim Roltz, tapetinho com papel da Júlia Cotrim da linha Patchwork, fitas, botões de acrílico (mimo que ganehi da Júlia – muito obrigado!) , flores recortadas e magnolia (Tilda) sentada na cerca (PAP ao lado), pintadas com tintas spray da True Colors.

Para a conclusão destes LO’s contei com o apoio das talentosas Tânia Martins e Vânia.
A Tânia é especialista nestas sobreposições, ela faz trabalhos maravilhosos, que eu adoro a todos. A Vânia é especialista em cores e adora dizer que não sabe fazer, mas é só história dela.

Agradeço as meninas pelo apoio e pelo sábado maravilhoso que passamos juntas,  com muito trabalho,  muitas risadas e um sorvete maravilhoso!!!!

Espero que tenham gostado, não esqueçam de ver o PAP e qualquer dúvida estamos aqui é só chamar.

Beijos

Liliane

Artes de arteira – Ponto Cruz e Flores de Tecido

Hoje foi um dia lindo…
Fizemos um belo passeio com um grupo de amigos e seus filhos. Nos divertimos muito.
Foi um feliz dia das crianças!!!

Mas algumas artes para mostrar… Além de fazer scrap faço outras coisas também, adoro ponto cruz!

E mais algumas flores, feltro, fuxico, vies. Vejam o resultado…
Estas de feltro e de fuxico, com botões de madeira, com contas de madeira para combinar e fio encerado trançado.
As flores de fuxico são comuns, as de feltro são formadas por pétalas individuais com uns pontinhos para dar o formato, depois é só juntar e formar a flor.Para arrematar, um botão de madeira.

Estas aprendi com a minha grande amiga Lu. Ela faz maravilhas com elas para colocar nas roupas, para prender o cabelo e eu logo que vi, pensei em enfeitas páginas, álbuns, home decor e o que mais nossa imaginação mandar.

Podemos utilizar fitas, viés, cola de rato e outros. Para montar a florzinha corte oito pedaços com 7cm, 6cm e 5cm. Dobre cada pedaço ao meio deixando as pontas para dentro. Costure a ponta de um pedaço maior junto com um pedaço médio e um pequeno. Depois junte as pontas para formar uma pétala com as três voltinhas, uma dentro da outra (ou duas, se preferir). Repita o mesmo procedimento para formar todas as pétalas (se utilizar viés cuide para que todas as aberturas fiquem para o mesmo lado) junte-as formando uma flor, prendendo com a linha. Para arrematar cole no centro da flor botões coloridos ou chatom e utilize conforme a sua imaginação. Pode ser inclusive em forma de colar como nas fotos acima.

Obrigado Lu por esta grande idéia!
Até a próxima.

Ps: Quando postei descobri que as fotos tinham um problema de foco, é que fiz as fotos com a câmera da Isa e não percebi que na lente havia um dedinho ou que havia um dedinho na lente!!!!!!

* Divagações atualizado.  Clique ai ao lado e confira!

* Uma linda música COMPANHEIRO.

Valorizando nossas fotografias

 As fotografias fazem parte da alma do scrapbooking que praticamos atualmente, sendo assim reunimos algumas dicas para fotografar melhor que esperamos possam ser utilizadas em favor de nossa performance.Em fotografia a atenção com os detalhes faz com que as fotos sejam valorizadas. Luz, enquadramento, elementos que compõe o quadro da imagem, as cores e muitos outros detalhes devem ser observados antes de apertarmos o botão do “clik”.Aprendi em um curso que sempre que surgir dúvidas sobre o enquadramento deveremos utilizar a regra dos terços, utilizada há muitos séculos pelos grandes pintores. Proceda assim: no retângulo formado pela área da foto, traçe mentalmente um jogo da velha, ou seja, divida-o em nove quadrados (duas linhas na horizontal e duas linhas na vertical). Aproxime o assunto principal de um dos pontos de cruzamento destas linhas e as chances de enquadrar melhor se multiplicam. Experimente colocar o assunto em diversos pontos e perceba como o resultado muda. Isto altera o nosso “vicio” de colocar o foco no meio da foto, experimente a variação…Dias muito ensolarados, nem sempre dão boas fotos, principalmente se o sol estiver à pino. Muita luz produz sombras, sem falar que as pessoas fecham mais os olhos e deixam a testa franzida. Se não puder ser em outro horário, pelo menos coloque seu motivo contra a luz e utilize o flash.

As fotos do por-do-sol são lindas, mas não esqueça de enquadrar o céu para medir a luz, caso contrário o contraste muito forte pode prejudicar os detalhes. Como fazer? Enquadre o céu e aperte o botão do obturador até a metade, não solte, reposioxne a máquina e refaça o enquadramento, ai aperte até o fim.

Normalmente as máquinas de foco automático, fazem o seu foco no centro da fotografia, para utilizar a regra dos terços e não perder o foco do motivo que queremos fotografar basta fazer o mesmo descrito acima. Coloque seu motivo no meio da foto, aperte o botão do obturador até a metade (a máquina fará o foco) e sem soltar o botão reposicione seu motivo. Ficará perfeito!

Em ambientes fechados é importante atentar para a iluminação, geralmente insuficiente. lembre-se que os flash embutidos iluminam cerca de 3 metros, mais do isto é necessário um flash externo – se for usá-lo não esqueça do rebatedor.

Se sua máquina possuir, lembre-se de utilizar o redutor de olhos vermelhos, quando usar o flash e é também legal sugerir que as pessoas olhem para seus ombros e não para a máquina, minimiza o efeito e a foto fica mais “natural”.

Em festas não esqueça de esperar que as pessoas comam pra que não saiam “deformadas” nas fotos e também lembre-se de recolher copos usados e pratos vazios, caso contrário na sua foto vai parecer que passou um furacão. Apesar de ser esta a sensação que sentimos quando termina uma festa infantil, não é mesmo?

Esteja atenta que para tirar fotos de crianças devemos estar abaixados para fotografar na altura delas, caso contrário elas ficarão achatadas.

Não esqueça que o zoom digital amplia apenas a área central da foto e o zoom óptico aproxima seu motivo. Sendo assim muito cuidado para não perder a qualidade da imagem.

Um grande e forte abraço!

Boas fotos e belas páginas!
Liliane