Arte, scrap, divagações e outras coisas…

Marmorização com Giz Pastel Seco

Esta técnica também dá um efeito marmorizado interessante. Mais rápido de fazer, com resultado bem mais suave, mas merece alguns cuidados pois, caso contrário, o pó de giz solta-se do papel e temos que ter muito cuidado para não borrá-lo.
A primeira vez que tive contato com esta técnica foi através de Cristiane Dias, mas depois de muitas pesquisas na Internet, experiências e tentativas, acho que encontrei o ponto certo. Vou repassá-lo abaixo:

Materiais:

– Giz Pastel Seco ou Chalk de várias cores
– 01 copo com água filtrada morna
– Forma de plástico retangular
– Folhas brancas acid-free (ou cor que você preferir)
– Pincéis ou escovinha
– Estilete

Image

Modo de Fazer:

Comece raspando o giz pastel ou chalk nas cores escolhidas. Raspe uma quantidade equivalente a uma colher de sobremesa rasa.

Image

Image

Coloque a água morna na forma plástica. Utilize a medida acima ou até cobrir o fundo de forma que fique uma lâmina dágua, não muito funda.

Image

Jogue o pó do giz na água de maneira aleatória, ou aproximando as cores, conforme desejar. Pode ser utilizado o palito para formar desenhos da mesma forma utilizada com o gel e a tinta acrílica.
Tome muito cuidado pois este é um ponto bastante importante se você mexer muito ou se demorar fazendo o pó deposita-se no fundo da forma e não “gruda” no papel.

Image

Coloque o papel na água, mergulhe e deixe o papel ficar bem molhado. Não esqueça de colocar a folha na diagonal, pois, a preocupação com os buracos sem tinta é a mesma da outra técnica.

Image

Retire o papel, também na diagonal. Nesta técnica tenha cuidado para não raspar nas bordas da forma a não ser que você queira um efeito borrado, que também fica interessante, pois o pó misturado com a água fica como se fosse uma “tinta”. Observe nas fotos a diferença entre raspar e não raspar.

Image

Image

Coloque para secar. Depois de seco, utilize o ferro de passar roupa no verso papel (não esqueça que não devem ser utilizadas as posições com vapor).
Veja o resultado:

Image

Comentários:

– Nesta técnica a rapidez é um passo muito importante, pois o giz afunda muito rapidamente.
– Se depois de seco e antes de passar você sentir que o seu papel possui algumas partículas de pós solto dê algumas batitinhas no verso do papel para que o pó saia.
– Os papéis ficam bem clarinhos e com um efeito muito delicado. É diferente.
– O segredo desta técnica além da rapidez é deixar o papel molhar bem para que o pó se incorpore. Quando o papel a ser utilizado for de uma gramatura um pouco maior molhe-o antes de colocar na bacia.
– Não se preocupe esta técnica também é apropriada para scrapbooking e absolutamente “segura” para as fotos.

Até a próxima.

Comentários em: "Marmorização com Giz Pastel Seco" (12)

  1. Adorei a técnica e o modo como foi passada,meus parabéns e obrigada por compartilhá-la.Abraços

  2. Tá tranquilo.. so nao entendi.. “folhas brancas acid free” ?? que folhas são estas??
    pensei que pudesse usar qquer folha branca.. tipo “papel canson”
    por favor poderia me explicar?
    grata
    maiza

  3. é uma porra uma bosta é uma merda

  4. oi é vivendo e aprendendo obrigada

  5. Adorei suas dicas, que bom que ainda temos pessoas que gostam de compartilhar seus ensinamentos. Muito obrigada

  6. Gostei muito. É uma técnica rápida e fácil.
    Parabéns e, obrigada.

  7. Dr. Sem Noção disse:

    Desculpe, mas gastar pastel seco pra fazer isso é muito triste…

    É por isso que eu não vou com a cara de artesanato…não tem nada de “artistico”…

  8. Kleber Washington disse:

    Muito boa suas dicas ,artezanato e pra quem tem mente criativa ,pessoas problematicas que ao invez de partilharem algum conhecimento perdem o tempo destilando suas amarguras i deviam procurar um site de psiquiatria pra se tratarem ao invez de ficarem por ai sujando o espaço alhei , mas enfim,os cães ladrão mas a carruagem não para,parabens pelas dicas …….

  9. […] Marmorização com Giz Pastel Seco outubro, 2007 8 comentários 4 […]

  10. Olá, boa tarde!
    Obrigada por compartilhar seus conhecimentos.
    Antes porém devo dizer que o nosso ilustre desconhecido que deixou sua mensagem um tanto quanto maldosa deve estar com tantos conflitos tadinho, que melhor seria dizer que ele está mesmo mal informADO SOBRE O ARTESANATO.

    Todavia quero compartilhar com minhas colegas artistas e artesãs que venho misturando artesanato e arte com grande sucesso.
    Sempre usei pastel para minhas ilustrações, mas adorei saber saber também desta técnica.
    Vou tentar,

    Obrigada.

  11. Se é que é possível separar artesanato de arte…

  12. Adorei,gosto de saber não ocupa espaço, par4a mente sã tudo é muito válido.
    Abraços
    Cleu

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: