Arte, scrap, divagações e outras coisas…

SCRAPONÁRIO (Dicionário de Scrap)

Accent – Enfeite colocado nas páginas para adicionar detalhes ou dar um toque personalizado. Ele pode ser feito de qualquer material: papel, metal, adesivo, tecido, madeira, couro, fibras etc. 

Acid-free – Os produtos que contém esta especificação em sua embalagem são os mais recomendados na prática do Scrapbooking. Isto indica que o produto não contém acidez, que é a grande vilã do mundo da fotografia. Quando o produto é acid-free, significa que ele não deixará as fotos amareladas, manchadas ou desbotadas com o passar do tempo. 

Acid migration é a transferência de acidez de um produto para outro, através do contato físico ou da emissão de vapores ácidos.  

Acrilic Paint – Tinta acrílica utilizada para pintar papel, madeira, metais e diversos elementos na elaboração de um layout ou página de Scrapbook. 

Adhesive – Colas, adesivos e fitas adesivas diversas. 

Aging – Processo utilizado para dar aspecto ou efeito envelhecido aos papéis e demais elementos utilizados para compor uma página. 

Álbum ABC – Álbum onde são usadas as letras do abecedário, também chamadas de Monogramas para iniciar uma frase ou compor uma palavra avulsa.  

Álbum Decorado – Princípio básico do Scrapbook. Como o próprio nome diz, o Álbum Decorado é composto por fotos, elementos decorativos, textos, anotações e detalhes que indicam determinado acontecimento.  

Álbum Temático – Álbum elaborado para um tema específico como, por exemplo, os álbuns de casamento, aniversários, nascimento etc. 

Alcalino – Substâncias alcalinas possuem solução nutritiva com alto nível de pH, superior a 7.0. Produtos alcalinos são utilizados para neutralizar a acidez. 

 Altered – Livro, cartão ou folhas que sofrem alterações em seu aspecto original através de lixamento, pinturas, colagens e etc.

Analogows colors – Ver cores análogas.

Archival – Termo que descreve um produto ou técnica usada na preservação de objetos, fotografias, lembranças e outros itens. 

Archival Mist – Spray composto por substância que elimina a acidez do papel.  

Archival Quality – Qualidade atribuída aos materiais que passam por análises químicas para determinar que seu pH encontre-se dentro dos níveis de segurança aceitáveis,  indicando que a qualidade do produto é adequada para o arquivamento e a preservação. 

Artist Trading Cards (ATC) – São cartõezinhos medindo aproximadamente 6,5 cm X 9 cm, criados para serem trocados entre outras pessoas. Eles podem ser usados como acessórios na composição de páginas, álbuns etc.  

 Background paper – Papel de fundo utilizado em páginas, álbuns, tags etc. 

Beads – Letras bem pequenas usadas como enfeite, normalmente são como bailarinas.

Bleach Pen – Caneta composta por água sanitária e utilizada para descolorir papéis e tecidos. 

Blending Pencil – Ferramenta em formato de lápis utilizada na mistura das cores dos lápis de cores, criando diferentes nuances e tons. 

Boleador – Ferramenta utilizada para fazer relevo no papel. Estão disponíveis no mercado em vários tamanhos.

 Border / Borda – É todo o contorno que margeia uma página e que pode ser enfeitado de diversas formas.  

Brads / Pins / Bailarinas – São aqueles elementos em formato de colchetes usados para fixar ou enfeitar. Eles tem cabeças em diversos formatos, cores e tamanhos.  

Brag book – Pequeno álbum de fotografias. Normalmente temáticos. 

Brayer – Rolinho de papel ou borracha que faz conjunto com uma almofada de carimbo para criar backgrounds, cartões, enfeites, etc. É também utilizado para “dissolver” bolhas de ar da superfície coladas com papel. É usado também para fazer listras, xadrez etc. auxiliando na elaboração de trabalhos exclusivos.  

Buffered – É aquele produto que segura e retém a acidez dos materiais, pois tem grau de acidez negativo, isto é, ele detém a acidez dos materiais. 

Buttons – Botões de várias cores e formatos. Alguns já vêm com a linha entrepassada em seus orifícios. Existem também os botões adesivos que imitam os de verdade. 

Caneta Teste de pH – Instrumento em formato de caneta utilizado para testar a acidez do papel e para saber se este é alcalino ou se possui pH neutro. 

Caneta-Gel – Encontrada em várias cores, a caneta-gel é utilizada para escrever, dar acabamento, decorar etc.  

Cardstock – Papel liso geralmente usado como base em páginas de scrapbooking, cartões ou outros projetos. O cardstock pode ser encontrado em diversas cores e gramaturas. 

Carretilha – Ferramenta que possui uma espécie de rodinha serrilhada na ponta, usada para marcar o local de corte. 

Cerâmica Plástica – (Polymer Clay) – Massa à base de acrílico, usada para produzir peças de bijouteria e outros enfeites. Conhecida também nas marcas FIMO e SCULPEY, depois de queimadas podem ser usadas livremente, o que não acontece com o biscuit.

Chalk – Efeito de sombra, envelhecimento ou “sujeirinha”. Este efeito é feito através de pasta colorida ou giz pastel. Veja também “Giz Pastel”. 

Chalking – Arte de usar chalks para enriquecer e valorizar as páginas de scrapbook.

 Clip Art – Figuras, pequenas imagens ou desenhos que podem ser utilizados para enfeitar páginas e trabalhos. 

Clothespins – Mini-prendedor de roupas utilizado para pendurar e decorar tags, fotos, enfeites, letras, fitas etc.  

CK – Creating Keepsakes (tradução literal – Criando Recordações) – Conhecida e renomada revista americana voltada ao universo do Scrapbooking. Pode ser encontrada no mercado brasileiro específico ou encomendada diretamente no site da editora: (www.creatingkeepsakes.com). 

CK OK (Creating Keepsakes Okay) – Selo de aprovação de qualidade encontrado nos produtos para SCRAPBOOKING. Este selo é certificado pela Creating Keepsakes, renomada revista americana. 

CKU – Creating Keepsakes University. Grande evento realizado pela Creating Keepsakes onde são realizados muitos cursos, lançamentos de novos produtos etc. A CKU é itinerante, ou seja, é realizada em várias cidades dos Estados Unidos e em algumas outras de outros países. 

Collage – Composição artística feita da colagem de diferentes materiais como tecidos, papéis e outros materiais. 

Color Blocking – Técnica também conhecida como Bloco de Cores, que utiliza blocos de papéis coloridos ou fotos para compor um layout . 

Color wheel – Circulo cromático utilizado para a escolha das cores que irão compor um layout. 

Confete –Também chamado de “punch”, são aquelas figuras de papel em vários formatos, feitas com os furadores de papel.  

Cores Análogas – Qualquer cor que esteja próxima de outra no círculo cromático. 

Cores Complementares – Cor que é diretamente opostas a outra no círculo cromático. 

Corner-Edger Scissors – Tesouras específicas para cortar cantos. Cada par destas tesouras podem criar quatro tipos de cantos. 

Crop – Ato de cortar ou dar formas a uma foto. 

Crop day/Crop night – Confraternização ou encontro entre pessoas para trocarem idéias, sugestões ou, simplesmente, fazerem scrapbooking. 

Cropping – Arte de cortar ou enfeitar fotografias, de modo a dar enfoque às partes principais.  

Crumpling – Ato de amassar, enrugar ou dobrar o papel para criar uma textura. 

Cutting Mat ou Placa de Corte – Base utilizada para fazer cortes retos no papel, com marcações em centímetros ou milímetros para facilitar as medições.

Dauber – Pequena carimbeira usada para “untar” parcial ou totalmente a estampa dos carimbos. 

Dauber Duo – Carimbeira dupla em formato de aplicador, com tintas de diferentes cores em cada uma das duas extremidades. 

Deacidification – Desacidificação. É o procedimento usado para aumentar o pH do papel através da neutralização de ácidos para potencializar sua conservação. 

Deacidification Spray – Spray neutralizador de ácidos utilizado em diversos tipos de papéis. 

Decalque – Também chamado de Rub-on ou Transfer.  

Decorative-edged scissors – Tesouras com fios decorativos diversos, utilizadas para enfeitar as bordas de papéis e outros elementos. 

Design – É a maneira como são dispostos os papéis e elementos numa página ou layout. 

Designer – Profissional que desenha ou cria as estampas dos papéis e outros elementos. Esta denominação também é conferida, no Scrapbooking, aos profissionais que elaboram o design de uma página ou projeto. 

Die Cut Machine – Equipamento utilizado para cortar os chamados Die Cuts, podemos citar Sizzix, Wishblade, Craft robo, Cricut, Cutelbug,  entre outras.

Die Cuts / Die Cuts Designs – Figuras de papel pré-cortadas em diversos formatos e tamanhos. 

Die Ink – Carimbeira ou almofada de tinta para carimbo. É encontrada em diversas cores.   

Dingbats – Fontes de computador compostas por desenhos, figuras ou mesmo fotos vetorizadas. Estas fontes podem ser utilizadas ao digitar-se, pelo teclado. Cada letra do teclado equivale a uma figura. 

Distressing – Processo ou técnica utilizada para dar aspecto envelhecido, desgastado ou “sujinho” aos papéis e outros elementos. 

Distress Ink – Processo ou técnica utilizada para dar aspecto envelhecido, desgastado ou “sujinho” aos papéis e outros elementos através de carimbeiras.  

Dye – Produto em pó solúvel em água. Encontrado em diversas cores, ele é utilizado para colorir papéis e outros materiais. 

Double-Mount – Fundo ou background feito com dois papéis diferentes para fixar uma fotografia.  

Dry-embossing – Relevo seco elaborado através de pressão. 

Edge Brushing – Processo ou técnica utilizada para dar aspecto envelhecido, desgastado ou “sujinho” às bordas de papéis e outros elementos. 

Embellishments – São os enfeites que colocamos nas paginas.

 Embossed Stickers – Adesivos com relevo. 

Embossing – Processo para dar relevo e profundidade ao papel através de pressão ou calor com pó apropriado para este fim.  

Embossing Powder – Pó utilizado para relevo a quente.  

Eyelet – Ilhós. Elemento metálico utilizado para fixar e prender papéis e outros enfeites. 

Eyelet Punch – Ferramenta utilizada para fazer furos em papéis e em alguns outros elementos. Nesses furos são fixados os ilhós. 

Eyelet tools / Eyelet Setter – Ferramentas para fixar ilhós.  Uma das mais utilizadas é a Crop-a-dile.

Fiber – Linhas ou fibras especiais usadas para decorar páginas, cartões, tags, etc.  

Foam Stamp – Carimbo feito de E.V.A. 

Focal Point – Ponto focal. É o ponto de enfoque ou principal atrativo de uma página de SCRAPBOOKING.  

Furador de Papel – Conhecido também como “punch”. É a ferramenta utilizada para cortar no papel uma figura decorativa,  existem muitas figuras, inclusive bordas.  

Gabarito – Também conhecido como “template”. É uma régua-molde utilizada para se marcar os contornos dos desenhos. É usado também para marcar os pontos de corte e/ou dobras de alguns elementos.

Genealogia – Estudo que tem por objeto descobrir a origem ou descendência de um indivíduo ou de uma família. 

Giz Pastel – Bastonete de pintura opaca e macia utilizado para colorir diversos materiais. Este produto possui grande poder expressivo e pode ser aplicado sobre papel ou tela. 

Glass accent – Adesivos transparentes de letras ou figuras com toque envidraçado.  

Glass Beads – Vidrilhos.  

Hammer –  Martelo – Ferramenta usada para fixar os eyelets / ilhóses. 

Heading – Cabeçalho ou título da página que explica o tema do layout. 

Heat Gun – Ferramenta que emite calor, mas não vento.  Este instrumento, muito similar a um secador de cabelos, é usado para aquecer e derreter o pó de embossing. Utilizado na técnica de relevo a quente. . 

Heritage – Heranças e tradições de família passadas e preservadas de geração em geração.  

Idea Book – Livro de idéias e sugestões para scrap, geralmente sobre algum tema específico ou sobre como utilizar um produto ou modelos de Lay-out. 

Iris Folding – Linda técnica, originária da Holanda, onde pedaços dobrados de papéis, lisos ou decorados, são fixados ou colados para formar uma figura. 

Journal ou Journaling – Importante complemento de uma página de Scrapbook que descreve detalhes sobre a fotografia através de cabeçalhos, títulos, poemas, canções ou histórias. É o texto que escrevemos sobre as emoções e informações importantes do momento em que as fotos foram tiradas. No journaling é muito importante conter dados como: Onde a foto foi tirada, quando, o que acontecia no momento da foto etc. É provavelmente a parte mais importante do álbum de memórias. 

Layering – Técnica de sobrepor várias camadas de papéis.

Layout – Plano ou esboço criado para compor o design de uma página.  

Lignin Free – Papel livre de lígnia que pode conter, no máximo, 1% desta substância. 

Lignino, Lígnia ou Lignin – A lígnia é uma substância ácida natural presente na madeira. É um tipo de fibra encontrada em várias plantas e madeiras que servem para dar rigidez e força a estas. A lígnia (presente em papéis e outros produtos) irá, com o passar do tempo, tornar estes materiais ácidos, desbotando-os e enfraquecendo-os. O ideal é que sejam lignin-free.   

MM – Memory Makers Magazine – Conhecida e renomada revista americana voltada ao universo do Scrapbooking. Pode ser encontrada no mercado brasileiro específico ou encomendada diretamente no site da editora: (www.memorymakersmagazine.com

Mat – moldura ou base colada atrás da fotografia. Podendo estar cortada no mesmo formato. É usada para destacar a foto e separá-la da página de base. 

Memorabilia – Certificados, documentos e outros itens que contam uma história. Podem ser também souvenirs de viagens, peças de ocasiões especiais e eventos históricos. 

Metais – Existem muitos tipos de peças em metal. Frases, cantoneiras, palavras, letras, números, plaquinhas, molduras, passa-fitas. 

Mesh – Uma espécie de tecido sintético, telado, podendo ser encontrado também na versão auto-colante. É usado para decorar as páginas de scrapbooking e em outros projetos com papel. 

Miteintes – Papel artístico da marca Canson. Não contém acidez alta em sua composição. 

Modeling Paste – Pasta artística usada para dar relevo em detalhes que enfeitarão os projetos com papel, cartões, marcadores de livros etc. 

Monocromia – Qualidade atribuída àquilo que é composto por uma única cor, podendo ou não ter variações de tons. 

Montval – Papel artístico da marca Canson, próprio para a técnica de Aquarela. 

Mount – Adesivo especial para fotos, embelishments ou outros itens de papel. 

Mounting Squares – Um pequeno quadrado de dupla face usado como adesivo para fotos e enfeites. 

Mosaico – Técnica de cortar fotos e papéis em pequenos pedaços e montando-as novamente, criando um efeito especial, como os dos grandes mosaicos da História da Arte. 

Mulberry Paper – Papel de fibras longas usado especialmente com efeito rasgado. Existem inúmeras variações de texturas, gramaturas e cores.   

Page Protector – Envelope plástico livre de acidez, usado em álbuns, para colocar as páginas de scrapbook e protegê-las das ações externas, no manuseio do álbum. 

Paper Tearing – Técnica onde rasga-se o papel, criando uma textura. 

Paper Trimmer – Ferramenta para cortar papel. Possui uma lâmina rotativa e seu funcionamento é semelhante ao de uma guilhotina. 

Passe-Partout – É uma palavra francesa que siginifica “passe por tudo”. Esta expressão, em artes plásticas, também sugere que se “isole a obra do mundo exterior”, ou seja, o passe-partout exerce um papel de grande importância em relação à montagem da obra. Este material é produzido normalmente em papel totalmente livre de acidez. Mais do que uma questão simplesmente estética, o passe-partout isola a obra de materiais que não possuem pH neutro, como vidro, madeira, plástico e etc. Pastel, Giz – Uma espécie de giz usado para desenhar e colorir. Criando efeitos sombreados e envelhecidos. 

Pattern Paper – Papel com estampa repetida por toda sua extensão. 

PDQ – “Pretty Darn Quick Pages” páginas rápidas e fáceis de fazer. 

Pen & Pencils – Canetas e lápis de diversos tipos e estilos, com pontas finas, médias e grossas, coloridas, metálicas, com gel etc. 

PH Level (nível de pH) – ácido: < 7 / básico (neutro): =7 / alcalino: > 7. Em SCRAPBOOKING é recomendado o uso de materiais com nível de pH neutro. É aceitável materiais alcalinos. 

PH Testing Pen (caneta teste de pH) – Caneta usada para testar a acidez de papéis. Esta caneta marca com uma determinada cor, dependendo do nível de acidez presente. 

Photo Activity Test (P.A.T.) – Teste criado pelo American National Standards Institute, para determinar se um produto pode causar danos às fotografias. Se um produto é aprovado pelo teste P.A.T., ele está aprovado para o uso em suas fotos. 

Photo Corners – Cantoneiras. Podem ser de papel adesivado usadas para prender as fotos pelos cantos ou proteger as pontas das páginas. 

Pick up ou Piercing Tool – ferramenta com uma das extremidades de silicone e a outra pontiaguda. Usada para perfuração. 

Pigment Ink – Carimbeira à base de glicerina e de um pigmento que mantém as cores quando em contato com o papel ou outro material. Utilizado na técnica de relevo a quente por possuir secagem demorada. 

Placa de corte – Base utilizada para corte de papel. Possui marcações, facilitando o trabalho de medição. 

Plaques – Placas em alumínio. 

Poliéster, Polietileno e Polipropileno – Espécies de plásticos. São seguros para fotografias.   

PVA (Polyvinil Acetate); PVC (Polyvinil Chloride) – Material plástico. Envelopes plásticos feitos a partir deste material não são apropriados para o uso em scrapbooking. As substâncias encontradas neste tipo de material são prejudiciais às fotos e documentos. São aqueles plásticos que usamos nos trabalhos escolares.

PP – Plástico de Polipropileno. Este material tem seu uso recomendado em fotos e documentos. 

Pocket Page – Uma página de scrapbooking em tamanho reduzido. 

Punch(es) ou Furadores – Em tamanhos mini, pequeno, médio, grande e jumbo. Com diversas formas, figuras, bordas e cantoneiras. 

Punch Art – Técnica utilizada com figuras feitas a partir dos furadores decorativos de papel. Unindo estas figuras de diversos formatos, formam-se lindas peças, como flores, bichinhos e muitos outros. 

Punchies ou Confetes – Figuras feitas a partir de um furador decorativo de papel. 

Puzzle Templates – Modelo com a forma de um quebra-cabeça. 

Quilling – Técnica artesanal usando filigranas de papel enroladas em diversas formas e montadas em uma base formando uma linda obra. 

Quilt – Técnica similar ao Patchwork, mas feita com retalhos de papel. 

Rasgado – Técnica de textura, muito utilizada.

Red Eye Pen – Caneta própria para remover olhos vermelhos de fotografias. 

Refilador(a) – Ferramenta usada para refilar papel e outros materiais. 

Refilo / Refilagem – Corte fino ou aparagem, feito no acabamento no papel, por meio de estilete ou guilhotina, de modo a igualar as bordas das páginas. 

Relevo (Emboss) – Técnica que dá um efeito 3D. Os mais comuns no SCRAPBOOKING são o relevo seco, feito a partir de uma régua molde, associada a uma ferramenta chamada boleador e uma caixa de luz. E também o relevo a quente, feito com o uso de carimbo, carimbeiras e tintas apropriadas, pó para relevo e um aquecedor (Heat Gun).

 Ribbon (Fitas) – Podem ser lisas, decoradas, bordadas. Produzidas em vários materiais e utilizadas para enfeitar os projetos. 

Roda de Cores – Ver Color Wheel.

Rubber Stamp – Uma espécie de carimbo feito a partir de um material emborrachado. 

Rub-on – É também conhecido por Transfer. Existem cartelas com imagens, textos e diversos tipos de letras. 

Ruler (Régua) – Objeto de metal, utilizado para medir e também como guia para corte de papel com o uso do estilete.  

Sand paper – Lixa. 

Sanding – Ato de lixar para desgastar papel, fotos e outros elementos, dando a eles um aspecto de usado e envelhecido. 

Scrapbooking – É a arte de preservar memórias através de páginas de Scrapbook. 

Scrapbook Digital – São os álbuns de memórias criados de maneira digital, feitos através de programas de computação gráfica como Photoshop, Paint Shop Pro, PhotoPaint e muitos outros, podendo ser impressos e/ou armazenados em CDs/DVDs. Existem milhares de kits digitais no mercado.

Scraplift – É um termo usado por scrapbookers que descreve o processo de inspiração em layouts ou projetos de outras pessoas, idéias em revistas, livros, internet e, usá-los em seus próprios projetos. Neste caso, é imprescindível colocar os créditos de direitos autorais do projeto original. 

SDU – Scrapbooking Design University. Curso organizado pela EK Success, conceituada empresa americana fabricante de diversos elementos para Scrapbook. 

Sewing Tools / Máquinas de costura – Máquina de costura também usada para costurar papel e dar um toque diferente às páginas de Scrapbook.  

Serendipity – Técnica onde se cria uma composição colando pedacinhos de papel (retalhos) em um papel de fundo (espécie de mosaico). 

Shabby Chic – Estilo onde algumas técnicas como Distressing e Aging são aplicadas para dar um aspecto envelhecido e desgastado às páginas. É a técnica que utiliza papéis enrugados ou amassados. 

Shade (sombra ou sombreado) – A cor preta adicionada a outra cor para diminuir sua luminosidade. 

Shaker Box – Pequeno enfeite em formato de caixinha feita de papel, com uma janelinha transparente que mostra o seu conteúdo. Dentro dessa caixinha podem ser colocados pequenos enfeites e materiais como miçangas, glitter, lantejoulas, pedacinhos de papel colorido etc. 

Sheet Protectors – Veja em “Page Protectors”.  

Sketch – É o esboço ou rascunho que criamos antes elaborar uma página. Nele definimos como ficarão dispostos títulos, fotos, journaling, enfeites etc. O mesmo sketch pode se usado como exemplo para diferentes páginas.  

Slide Mount ou Slide – Pequena moldura, tipo slide, para sobrepor pequenas fotos, elaborar Shaker Box etc.

Stamp ou Rubber Stamp – Carimbos com figuras, frases, números e letras. 

Stamp Cleaner – Removedor de resíduos de tinta do carimbo e dos materiais.  

Stamp Pad – Almofada para carimbo ou carimbeira usada também para criar efeito velho ou manchado no papel e outros materiais. 

Stencil – Veja em Template ou Gabarito. 

Sticker – Adesivo de diferentes cores, formatos, desenhos, textos ou letras. Existem diversos tipos de stickers: papel, metal, couro, tecido, pedra, com efeito 3D, transparentes ou com textura. 

Tag – Conhecido elemento com formato de etiqueta usado nas páginas para enfeitar, escrever journaling ou títulos, etc. Alguns já vêm com figuras, envelhecidos ou lisos para serem decorados. 

Tapete – Veja em Mat. 

Tearing ou Torn Paper/ Papel Rasgado – Técnica usada no Scrapbooking criando uma parte rasgada na borda do papel.  

Template – Moldura para se desenhar ou recortar figuras. Veja “Gabarito”.  

Tesoura Decorativa – Tesoura com corte decorativo em sua lâmina: ondulado, zig-zag etc.  

Tint – Técnica usada para diminuir a saturação de uma cor através do pigmento branco.  

Transfer – Veja também Rub-on. 

Tweezer – Pinça ergonômica usada para facilitar o trabalho de pegar peças e materiais pequenos ou para colar adesivos. Também usada para segurar a base onde se deseja aplicar relevo quente etc. 

UTEE – Ultra Thick Embossing Enamel. Pó para relevo (emboss) de textura mais grossa e ncorpada, usado para algumas técnicas especiais de relevo a quente como por exemplo a do “vidro rachado”.

Vellum – Papel Vegetal. 

Versamark – Conhecida marca de carimbeira, própria para fazer marca d’água, relevo a quente etc. 

Walnut Ink – Pigmento extraído da nogueira de cor marrom escura, muito utilizada em técnicas de envelhecimento. 

Walnut Crystal – É o Walnut Ink em forma de cristais, solúvel em água. 

Wire – Arame encontrado em várias cores dar acabamento, usado para pendurar tags, criar palavras, montar enfeites etc. 

 Wire cutter – Alicate de cortar arame.  

Workshop – Tipo de encontros e/ou cursos organizados por profissionais e lojas de Scrapbook onde pessoas se reúnem para aprenderem e/ou praticar novas técnicas. 

X-acto Knife – Ferramenta de corte com lâmina muito afiada e de precisão, usada para cortar pequenos detalhes, similar a um estilete. 

Xyron Machine – Máquina utilizada para adesivagem e plastificação. 

Zipper – Zíper ou fecho decorativo com adesivo em tamanhos e cores variadas.

Fontes: Revista Arquivo Scrap, sites da Internet, cursos em que participei e livro Memórias em Scrapbooking – Ana Paula Rocha.

Comentários em: "SCRAPONÁRIO (Dicionário de Scrap)" (2)

  1. carla buzzola disse:

    Oi, gostei demais do seu Blog. Estou no primeiro sementre de design de interiores e gostaria de fazer minha pesquisa em scrap housing – nome que chamei para decoraçoes em ambientes com tecnicas de scrap. O que vc acha

  2. […] nem dá pra entender muito bem. Então, fuçando pela net, encontrei um site muito bacana https://artscrap.wordpress.com/slide/scraponario-dicionario-de-scrap/  que traz as definições de tudo relacionado ao mundo do […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: